ff



Uma homenagem ao maior jornalista e blogueiro de Tapera.
sexta-feira, 2 de março de 2012
PARA PREVENIR AS SECAS

Nesta quarta-feira (29), o prefeito Ireneu Orth integrou a comitiva de prefeitos de 29 municípios gaúchos na audiência com o Ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra para tratar de ações de prevenção à seca no Rio Grande do Sul. A senadora Ana Amélia (PP-RS) e o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS) acompanharam os prefeitos neste primeiro encaminhamento na busca por uma solução para um problema que tem afetado o Rio Grande com freqüência nos últimos anos.
Neste começo de ano, 340 municípios gaúchos decretaram situação de emergência devido à falta de chuvas que atingiu o Estado. Os prejuízos neste ano ultrapassam R$ 5 bilhões somente nas lavouras de soja, arroz e milho, e deverão superar os R$ 20 bilhões na soma dos setores de agropecuária, indústria e comércio.
O prefeito Ireneu Orth revelou que a proposta apresentada ao ministro para reduzir os efeitos da seca nos próximos anos é para a compra coletiva de tratores equipados com raspadeiras agrícolas motoscrapers para a construção de açudes e barragens.
As máquinas seriam distribuídas às prefeituras para a construção dos depósitos com a finalidade de suprir a demanda de irrigação e também de garantir o abastecimento de água para a produção pecuária e para as comunidades do interior.
Fernando Bezerra disse que o ministério trabalha no sentido de implementar no Rio Grande do Sul o programa Água para Todos, cujo orçamento para investimentos em todo o país soma R$ 4 bilhões. A intenção, informou, é adaptar as ações às realidades de cada Estado.
Dessa forma, atendendo sugestão do ministro, os parlamentares e prefeitos gaúchos deverão participar de uma reunião nas próximas semanas com o governador Tarso Genro para apresentar essa proposta para que o Estado apoie a ideia de enfrentamento e prevenção junto ao Ministério da Integração Nacional.

Postado por Leonardo Mayer as 2.3.12 e tem 5 comentarios
5 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

Seca?O agricultor é acostumado a ganhar tudo na boca do governo,desde juros menores,ate facilidades em comprar um carro uma casa,e nós que não somos agricultor temos q pagar juros maior em bancos,compra casas de carro.Sei que a agricultura é principal para um desenvolvimento de uma cidade,comércio,mas o agricultor hje chorra de barriga cheia,nunca ta satisfeito com nada,se colhem bem reclam se colhem mal reclaman e sào os mais privelegiados pelo governo.A final qndo o agricultor ta satisfeito num final de safra!

2 de março de 2012 16:31  
Anonymous Anônimo disse...

PARA O DAS 16:31
vc so pode ser um idiota que trabalha em funcao do relogio, cuidando ahora de entrar e sair do trabalho, sem se importar com o que esta fazendo no trabalho, nao sabe nada sobre agricultura para falar de juro, facilidades,etc.
se soubesse como funciona para colocar a semente na terra, cuidar e colher, nao escreveria um monte de asneiras, como fez.Se acha que é tao facil ser agricultor, que ganha tudo na boca do governo porque nao vira agricultor?
vc recebe seu salario todo mes, bem certinho graças ao capital de giro do comercio e na agricultura se vem a seca e nao deixa a semente germinar e produzir, com o que o agricultor vai passar o mes?
ah ta, com a ajuda do governo...que da tudo na boca do agricultor...
ohhhh sabido, se informa , sobre juros, financiamentos agricolas taxas, seguros, registros e mil e dois serviços que é preciso pagar para produzir alimentos.
e por falar em satisfeito, vc ta satisfeito? se estivesse nao ficava implicando com o que acontece por aí...

2 de março de 2012 20:24  
Anonymous Anônimo disse...

Acho que a primeira coisa a ser feita e acabar com a burocracia do IBAMA. Quanto aos comentários anteriores, a democracia permite que todos falem o que pensam. Estou disposto a falar com o primeiro postante e mostrar a ele que nao e exatamente o que ele pensa, mas que, enquento ele nao sabe, ele ate pde ter razão em suas colocações. Meu amigo, (quero você como amigo) já ouvia dos meus avos, nem tudo o que reluz e ouro, nem tudo o que balança cai. A vida de produtor rural nao e nada fácil. Abraços.

2 de março de 2012 21:20  
Anonymous Anônimo disse...

Sou agrônomo, e digo com conhecimento de causa. Pouco adianta fazer buracos (açudes), se não tem um programa conjunto de financiamento de sistemas de irrigação (canos, aspersores, pivôs centrais, etc.). Essa parte importante da irrigação (a principal, talvez) não está contemplada com a devida prioridade nesses programas "apaga-fogo" que o governo lança em épocas de seca. Boa parte desse plano de construir açudes é oportunismo político, que pouco se converterá em benefício real aos produtores e à população.

3 de março de 2012 00:30  
Anonymous Anônimo disse...

Sou agricultor e formado na área de gestão, concordo plenamento com o que nosso amigo Agrônomo comentou!! construção de açudes e poços artesianos não diminuirão os efeitos da seca em nossas lavouras, soja e milho, temos que ter mais incentivos do governo, o "famoso" PROAGRO deveria garantir uma renda mínima para o produtor, e não cobrindo somente as obrigações financeiras com os valores financiados junto ao banco. Sendo que o produtor possuí muitos outros custos que não são computados ao valor financiado, como deprecições e os valores de sua mão de obra, sendo que terá que esperar uma próxima safra para obter lucros, e para o nosso amigo das 16:31 de 2 de março, agricultor não ganha tudo na boca, dependemos muito mais do clima que do governo, que é o fator que não se podemos controlar, colocamos grandes valores financairos no solo e esperamos que chova para crescer, e que não chova para poder colher, e garanto que são poucos os produtores que financiam 100% de suas lavouras, então os prejuizos ou lucros que temos são na maioria por nossa conta e risco!!!

3 de março de 2012 16:12  

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 


   

 



Últimos Posts

LOUSA INTERATIVA VIRA PAUTA DA RBSTV
PARTICIPE DA PROMOÇÃO DA LAGOA FEST NO FACEBOOK
LOUSA NA ESCOLA:TECNOLOGIA DE PONTA A SERVIÇO DA E...
TOCA DO COELHO 2012 - PROGRAMAÇÃO OFICIAL
INDICADOR PROFISSIONAL
CHUVA SUSPENDE TARDE DE LAZER NA PRAÇA E TOCA DO C...
INAUGURADA A EMEI MUNDO DA CRIANÇA
ABERTOS FESTEJOS DOS 57 ANOS DE TAPERA
WANGLER FOI BEM CONTRA O GRÊMIO
ACIDENTE GRAVE COM ONIBUS NA ESQUINA DA SORTE

Arquivos

Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Dezembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013

 

 

 



WM INTERNET