ff



Uma homenagem ao maior jornalista e blogueiro de Tapera.
terça-feira, 2 de outubro de 2012
MENSAGEM DO COORDENADOR REGIONAL DO TCE


Clique na imagem para ampliar
 Olá, amigo Leonardo!

Tenho acompanhado Tapera através do teu blog, parabéns pelo teu trabalho!
Mesmo distante, as notícias de minha querida terra natal fazem parte da minha vida e da minha família!
Neste contexto, em que pese os acontecimentos políticos dos últimos dias,
quero deixar uma mensagem à população taperense, materializada na entrevista
concedida aqui em Frederico Westphalen ao jornal local, acerca da importância
do voto consciente e da importância que este voto representa para a Administração Pública.
Tal mensagem não significa, em nenhuma hipótese, apoio a candidato A ou B, mas apenas, reflexões para uma comunidade que, por uma questão de democracia, traça suas escolhas para os próximos quatro anos.
Fraternal Abraço,
Adm. Gerson Luís Batistella
Coordenador Regional TCE/RS - Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul.
Frederico Westphalen - RS

Postado por Leonardo Mayer as 2.10.12 e tem 14 comentarios
14 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

Leonardo: Peço para que poste esta noticia, coisa inacreditavel o que esta acontecendo com estes pequenos produtores do norte do estado gaúcho, estao perdendo suas terras para poucos indigenas e sua corja que se esconde por tras. O que esta acontecendo com eles hoje é o que pode acontecer com o restante do país, pois o povo nativo do Brasil era o inutil do indio. Em Brasilia so tem Ongs e pandas por tras dos ministérios, alem claro de artistas globais defendendo o que eles acham bonito e nao util.
Produtores de Erechim, Erebango e Getúlio Vargas, no RS, protestam contra demarcação de reserva indígena do Mato Preto
O Ministério da Justiça decretou a demarcação da área de 4.230 mil hectares da Pretensa Reserva Indígena do Mato Preto. 4% desta área estão situados no município de Erechim, 9% em Erebango e 87% em Getúlio Vargas, no estado do Rio Grande do Sul.

O laudo apresentado pela Funai (Fundação Nacional do Índio) em 2009 pretende desalojar mais de 300 famílias para para assentar 63 índios Guaranis na área. Em março de 2010, os agricultores apresentaram sua defesa, porém, em vão.

O decreto da demarcação da área de mais de 4 mil hectares foi apresentado no último dia 26. Agora representados por sua assessoria jurídica, os produtores rurais entrarão com uma ação na Justiça Federal tentando suspender os efeitos do decreto do Ministério. Isso deverá acontecer até o próximo dia 11 de outubro.

Com a ação, os agricultores tentarão provar que a área referida foi colonizada no início do século passado - entre 1905 e 1933 - por produtores rurais que possuem documentação legal e histórica de suas propriedades e posses.

Diante desse decreto, os produtores rurais da região organizaram, nesta terça-feira (2), um protesto na rodovia RS-135. Veja abaixo algumas fotos do manifesto:

Clique aqui para ampliar!

Clique aqui para ampliar!


QUESTÃO TERRITORIAL – MATO PRETO

1. Em 16/07/2004 a FUNAI, criou um Grupo Técnico (GT) que deu início do processo de demarcação de área indígena, que abrangeria parte dos municípios de Erechim, Erebango e Getúlio Vargas.

2. O GT elaborou um laudo técnico, que foi apreciado pelo presidente da FUNAI que o publicou no Diário Oficial da União no dia 23/11/2009. O laudo pretende desalojar mais de 300 famílias da nossa região com intuito de assentar apenas 63 índios Guaranis em 4.230 ha. 4% desta área situa-se no município de Erechim, 9% em Erebango e 87% em de Getúlio Vargas, que perderia 18% de sua área territorial .

3. Os agricultores apresentaram sua defesa na fase administrativa em Março de 2010. O contra laudo apresentado contestou totalmente o laudo falho e inconsistente apresentado pela FUNAI. A FUNAI solicitou ao Ministério de Justiça a demarcação da área de 4.230 ha em 30/09/2012. O Ministro da Justiça decretou a demarcação da área na última quarta feira 26/09, a pretensa reserva indígena é a descrita no item 2, onde vivem as mais de 300 famílias de pequenos produtores rurais. Este ato praticamente encerra a fase administrativa do processo.

4. Os produtores, representados por sua acessória jurídica, irão entrar com uma ação da justiça federal , até o dia 11/10/2012, ação esta que está praticamente pronta, visando suspender os efeitos do decreto do Ministro. A partir daí será discutido o mérito da questão. Na justiça irão provar que a referida área foi colonizada já no início do século passado (1905 a 1933) por agricultores que possuem documentação legal e histórica de suas propriedades e posses; portanto, não se trata de área tradicionalmente ocupada por comunidade indígena. A expectativa é de uma longa batalha judicial com vitória ao final.

Com informações e fotos do Sindicato Rural de Getúlio Vargas/RS.
Fonte: Notícias Agrícolas // Carla Mendes

2 de outubro de 2012 23:13  
Anonymous Anônimo disse...

Leonardo li a reportagem e achei de suma importancia para os acontecimentos de nossa região e compartilhei essa reportagem...

3 de outubro de 2012 09:01  
Blogger Pylla disse...

A terra não é nossa!!!nós é que somos da terra!

3 de outubro de 2012 09:03  
Anonymous Anônimo disse...

Quem é Gersom Batistella? Ele é filho do ex-prefeito Joao M. Batistella?

3 de outubro de 2012 10:44  
Anonymous Anônimo disse...

GERSON BATISTELLA é Taperense foi funcionário da Cotrisoja, e também funcionário da Contabilidade do Municipio, foi sócio da empresa Consulte Planejamento e Assessoria Ltda de Tapera,da qual se retirou para assumir cargo concursado no TCE, e é filho de Luiz Batistella que também era funcionário da Municipalidade.

3 de outubro de 2012 17:02  
Anonymous Anônimo disse...

E filho de Luiz Batistela, ja falecido, ex. Funncionario da prefeitura. Assim como o Gersom, que e irmao do novo patroleiro, Jose Paulo, tambem foi funcionario da pm de Tapera.

3 de outubro de 2012 17:08  
Anonymous Anônimo disse...

Como pode funcionário da pm sair no horario de trabalho sair fazer campanha? Publica ai grande jornalista....

4 de outubro de 2012 15:43  
Blogger Leonardo Mayer disse...

Demorou! Para seu governo estou em gozo de férias. Para comprovação basta se dirigir ao Recursos Humanos da Prefeitura.

4 de outubro de 2012 19:06  
Anonymous Anônimo disse...

Tá pedindo pra levar uma tunda de pau!

5 de outubro de 2012 10:20  
Blogger Leonardo Mayer disse...

As ameaças são passíveis de identificação. Só para avisar aos menos avisados. Tudo salvo e gravado.

5 de outubro de 2012 11:26  
Anonymous Jorge Luis Cerutti disse...

Gerson, parabéns pelas suas considerações, como sempre muito bem ponderadas e articuladas.

É muito bom ver os amigos fazendo sucesso na profissão que escolheram, atuando de forma digna, integra e principalmente com simplicidade.

Abraços

Jorge.

5 de outubro de 2012 17:03  
Anonymous Anônimo disse...

Bah Leo, até aqui tão apelando. Vamo se cuidá que os bicho tão ferido.

5 de outubro de 2012 17:17  
Anonymous zaira disse...

Como é bom ver nosso amigos se dndo bem profissionalmente fora daqui voce merece Gerson pois lembro muito bem de quando criança ajudava nas lidas de casa com lavoura e os animais e hoje vemos vc se destacando na sua profissão nos enche de orgulho sucesso vc merece

8 de outubro de 2012 20:58  
Anonymous Anônimo disse...

Aí? Quero falar sobre a questão indigena de Mato Preto.
Temos que começar admitir que os indios guaranis tem direitos sobre essa terra sim,é claro não de uma quantidade tão grande.
Estou falando isso porque fiquei sabendo que as lideranças indigenas tentaram negociar com a comissão dos agricultores para que fosse demarcada menos de 1000 há que pegaria menos de 5% do municipio de Getulio Vargas e que a comissção de agricultores não quiseram.

2 de novembro de 2012 21:50  

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 


   

 



Últimos Posts

PELO RESTABELECIMENTO DA TRANQUILIDADE
EXAPIEC É ATRAÇÃO REGIONAL
JORNAL ZERO HORA: TAPERA DÁ EXEMPLO.
COMEÇOU A APELAÇÃO NA CAMPANHA POLÍTICA DE TAPERA
NÃO DEU, MAS VALEU AMÉRICA!
MORRE HEBE CAMARGO
DIA DA CRIANÇA E O MEIO AMBIENTE NO REGIONAL
COMPRA, VENDA E TROCA
A FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO DOS COREANOS
PRISÕES TAMBÉM EM ESPUMOSO

Arquivos

Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Dezembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013

 

 

 



WM INTERNET